Qual é a Boa do Crowdfunding: Greenpeace

Tempo de leitura: 3 minutos

Mais um Qual é a Boa do Crowdfunding e, dessa vez, entrevistamos o Greenpeace. A ONG é uma das maiores do Brasil e do mundo e já tem 5 campanhas de crowdfunding na bagagem (e mais de R$400 mil arrecadados)! Atuam, principalmente, em causas como a preservação ambiental e desenvolvimento sustentável.

Veja abaixo como foram as experiências da ONG com o crowdfunding e se inspire!

 

Candice: Por que crowdfunding?

Greenpeace: Escolhemos o crowdfunding porque ele demonstra o poder das pessoas, que juntas possibilitam uma maior força de mudança. Além disso, o Greenpeace tem o compromisso de não só cobrar a transparência, mas também de SER uma organização transparente, e por isso não aceitamos dinheiro de empresas ou governos. Nossas doações vêm de pessoas físicas, como as que contribuem em um crowdfunding, então essa foi mais uma oportunidade que encontramos de chama-las a se unirem à luta por um mundo mais verde e em paz.

Candice: Qual o resultado da campanha?

Greenpeace: Em nossa campanha dos Calendários Exclusivos tivemos o apoio de 2.867 pessoas e arrecadamos R$ 116.756, quase 3 vezes a meta pré-estabelecida. Ficamos muito contentes com o resultado da campanha, mas acima de tudo agradecidos pela quantidade de pessoas que acreditam que um mundo melhor é possível.

Candice: Que benefícios esta arrecadação gerará para você ou para as pessoas ao seu redor?

Greenpeace: Com o valor arrecadado, ajudamos os índios Ka’apor, da Terra Indígena Alto Turiaçu, no norte do Maranhão, a monitorarem de forma mais eficaz as suas terras, que vem sendo desmatadas por madeireiros. Por meio de ações nas ruas, conseguimos que a Prefeitura de São Paulo ampliasse o tempo da licitação de ônibus, para que todos pudessem opinar sobre o processo e contar como é o seu Busão dos Sonhos, alertamos que sem floresta não tem água e ainda cobramos o governo pelo fim dos descontos para os grandes consumidores de água, pois não achamos justo que quem consuma mais, pague menos. E essa é só uma pequena amostra. Todas as contribuições feitas ao Greenpeace, seja por meio de doações diretas, seja por meio de crowdfunding, são utilizadas em prol das causas que defendemos e que são do interesse de todos.

Candice: O que ach da experiência na Kickante?

Greenpeace: A experiência na Kickante foi e continua sendo muito agradável e fácil. Temos todo apoio da equipe para sanar nossas dúvidas, bem como para implementação de nossos projetos.

Candice: Como foi a experiência de crowdfunding para você?

Greenpeace: O crowdfunding se mostrou uma ferramenta poderosa de mudança pela ação do coletivo. Ficamos muito contentes com os resultados que tivemos e com a possibilidade de novos e bons resultados no futuro. A nossa experiência foi mais do que positiva e novamente gostaríamos de agradecer a todos que nos apoiaram e nos apoiam em nossas campanhas.

Candice: Defina sua experiência conosco em 3 adjetivos;

Greenpeace: Agradável, simples e positiva.

Candice: Você faria crowdfunding de novo?

Greenpeace: Com certeza! Ficamos muito contentes com os resultados de nossas campanhas e pretendemos ter outros crowdfundings.

Candice: O que gerou o sucesso da sua campanha?

Greenpeace: A força do coletivo e a confiança das pessoas no Greenpeace e na luta por um mundo digno de ser deixado para os nossos filhos.

Candice: O que fez para divulgar sua campanha?

Greenpeace: Fizemos vídeos, fotos e buscamos ser os mais claros possíveis nos objetivos da campanha. Nos esforçamos para estabelecer uma comunicação eficiente com os nossos apoiadores e utilizamos a força das redes sociais para que mais pessoas conhecessem o nosso crowdfunding.

Candice: Algo mais que deseje falar ou salientar?

Greenpeace: Gostariamos de agradecer a Kickante por todo o apoio dado durante a criação e divulgação do nosso crowdfunding e, principalmente, agradecer a todos que nos apoiaram. Sem esse apoio não teríamos tantas conquistas.

O Greenpeace já está ficando expert em crowdfunding! Se animou? Comece a arrecadar fundos hoje mesmo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *