Empréstimo pessoal ou consignado: veja porque arrecadar dinheiro online é o melhor negócio

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Tempo de leitura: 8 minutos

Em um tempo em que o desemprego e, consequentemente, os empréstimos são crescentes  – e que o Estado também vem passando por situações alarmantes, cortando benefícios importantes para a população -, muitas pessoas resolveram arrumar dinheiro de um novo jeito, pela internet. Assim, passam a contar com a contribuição financeira da população para pagar dívidas, se manterem ou cobrir os gastos de suas necessidades básicas. Na Kickante, já foram criadas mais de 72 mil campanhas online, arrecadando mais de R$ 57 milhões em colaborações!

Por que as pessoas recorrem ao empréstimo?

Um estudo inédito do Banco Mundial, aponta que até o final de 2017 o Brasil terá 2,5 milhões de “novos pobres”. Pessoas que, em 2015, estavam acima da linha da pobreza, hoje, se encontram em situação inferior. O perfil destes novos pobres também impressiona. São na maioria adultos jovens, de áreas urbanas, com escolaridade média e que foram expulsos do mercado de trabalho formal pelo desemprego.

Imagem do kickante Projeto quitar dívida da ALPA
Imagem do kickante Projeto quitar dívida da ALPA

Estas pessoas, geralmente, não possuem uma reserva de emergência e para resolver os problemas rapidamente (pode ser um problema de saúde, compras essenciais, uma dívida muito alta, entre outras razões) e acabam recorrendo a algum tipo de empréstimo. Existem algumas opções no mercado, como empréstimo consignado, cheque especial, empréstimo pessoal, entre outras. Mas, veja porque o empréstimo não é considerado um bom negócio e é preferível que você arrecade dinheiro online.

Texto do kickante Vamos ajudar o Dvcz
Texto do kickante Vamos ajudar o Dvcz

Tipos de Empréstimos x Arrecadar Dinheiro Online

Empréstimo consignado ou pessoal possuem altas taxas de juros x Arrecadar Dinheiro Online não

Com as altas taxas de juros da economia brasileira, fazer um empréstimo não é considerado um bom negócio. Já parou para verificar os juros do seu cartão de crédito ou do cheque especial? São altíssimos, superando os do empréstimo consignado e pessoal – que já são altos. É uma dívida que, geralmente, acaba saindo do controle e vira uma bola de neve. No final, você paga somente juros e a dívida não termina.

Imagem do kickante Uma lição de vida, uma estória real
Imagem do kickante Uma lição de vida, uma estória real

Já na arrecadação online, não há juros. Você leva o que arrecada e paga somente o valor da taxa administrativa da Kickante, que é bem inferior aos bancos e financeiras. Na Kickante, você paga apenas 12% de taxa, se sua campanha atingir ou ultrapassar a meta de arrecadação estipulada no início da campanha, ou 17,5% se sua campanha for Flexível e você não atingir a meta, mas você recebe todo o valor arrecadado.

Empréstimos pessoais são burocráticos x Arrecadar dinheiro online é sem burocracia e com rapidez

Em algumas financeiras, o processo é lento e burocrático. Ainda mais para pessoa jurídica em que o empréstimo deve ser solicitado por todos os sócios (se assim constar no contrato jurídico da empresa) e também comprovar meios de realizar o pagamento. Aliás, sabia que, se você tiver sócios em sua empresa, pedir um empréstimo pessoal em seu nome e não o pagar, as dívidas são “repassadas” para os seus sócios e sua empresa ficará negativada? E mais, se um de seus sócios quiser, por exemplo, fazer um financiamento de um imóvel residencial, constará este item negativo no histórico da empresa, o que poderá até impedi-lo de realizar o financiamento do imóvel.

Na Kickante, não tem burocracia. Você cria uma campanha e começa a arrecadar em minutos! Cria o texto da campanha, estipula o prazo de arrecadação e após o término da campanha, “Flexível” ou “Tudo ou Nada” (bem sucedida), a transferência do valor arrecadado, é realizada automaticamente pela Kickante entre 2 e 4 semanas após o encerramento da sua campanha.

Imagem do kickante Campanha para quitar a dívida do Cão Leal
Imagem do kickante Campanha para quitar a dívida do Cão Leal

Nem todos são elegíveis para obter um empréstimo X na arrecadação online TODOS podem

Outro fator negativo do empréstimo é que nem todas as pessoas são elegíveis para tê-lo. Quem tem o nome sujo, está negativado e possui restrição de crédito, em geral, não consegue ter acesso. No empréstimo consignado, por exemplo, o desconto da prestação é realizado diretamente na folha de pagamento ou de benefício previdenciário de quem contrata. Logo, pessoas autônomas não têm acesso.

Já na arrecadação de online todos podem participar! Não há curadoria da Kickante. Basta criar a sua campanha, explicar porque você precisa do dinheiro hoje e não amanhã, porque as pessoas devem contribuir financeiramente (o apelo emocional) e, caso opte por incluir recompensas, quais os contribuidores ganharão em troca.

Chega de empréstimo! Veja dicas para limpar seu nome

Inadimplência no Brasil

Em uma recente pesquisa, do SPC Brasil e CNDL, o país fechou 2016 com 58,3 milhões de brasileiros inadimplente. Ou seja, 39% da população brasileira adulta está negativada.

Os bancos concentram a maior parte das dívidas existentes no país: 48,26% – muito por causa de empréstimos realizados por seus clientes. Em seguida, aparece o Comércio, com 20,04% desse total; o setor de Comunicação (13,07%) e o de Água e Luz, concentrando 8,55% do total de pendências.

Segundo o Serasa Experian, a região que concentra mais inadimplentes é a Norte, atingindo 31,1% da população, seguida pelo Centro-Oeste, com 26,4%. Após, aparece a região do Sudeste (24,5%), Nordeste (23,6%) e a Sul (22,4%). Veja abaixo:

Mapa do Serasa Experian sobre a inadimplência do Brasil
Mapa do Serasa Experian sobre a inadimplência do Brasil

Dicas para limpar seu nome

Faça contas e verifique o valor suas despesas mensais e o quanto você pode pagar por mês para abater a sua dívida;

  1. Acesse www.serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online, verifique quantas pendências há em seu nome e se há alguma proposta feita pelas empresas credoras;
  2. Eleja as suas dívidas prioritárias e que precisam ser pagas com urgência – as mais altas e com juros mais altos ou as que estão com curto prazo para pagamento, por exemplo;
  3. Junte dinheiro de outras formas para pagar as dívidas. Com uma campanha online de arrecadação de dinheiro, você conta com a contribuição financeira de centenas de pessoas! Capta todo o dinheiro que necessita, paga as suas dívidas e não fica devendo mais nada a ninguém.

Arrecade dinheiro online e pague suas dívidas!

Quer sair do vermelho e pagar as suas dívidas? A Kickante te ajuda!

O processo de criar uma campanha de arrecadação é muito rápido e simples. Acesse Crie e Lance sua Campanha de Crowdfunding, siga as dicas abaixo e comece a arrecadar dinheiro hoje mesmo!

Título da campanha: o título deve ser bem objetivo e informar para qual causa deseja arrecadar . Exemplo de título: “Preciso pagar meu Imóvel”

Categoria da campanha: escolha a categoria em qual sua campanha se adequa melhor.

Tipo de Campanha: Você só poderá pagar sua(s) dívida(s) se conseguir todo o dinheiro que está pedindo? Se sim, sua campanha deve ser Tudo ou Nada. Se você puder pagar parte da sua dívida (arrecadando menos do que o valor total de sua meta de arrecadação), então sua campanha é Flexível.

Imagem: a imagem da sua campanha deve representar seu projeto. As fotos pessoais são mais efetivas e passam maior credibilidade, mesmo sendo uma foto amadora. Os potenciais contribuidores querem ver quem estão ajudando.

Descrição curta da campanha: escolha um parágrafo que descreva de forma sucinta e clara o que significa sua campanha! Essa descrição ficará exposta no box de sua campanha.

Boxes dos kickantes para quitar dívidas.
Boxes dos kickantes para quitar dívidas.

Descrição completa da campanha: Aqui é o lugar em que você deve explicar porque você precisa do dinheiro, porque você precisa agora e não ano que vem, porque as pessoas devem contribuir, o que você vai fazer com o dinheiro delas.

Meta: defina sua meta como sendo o mínimo necessário para pagar suas dívidas. Lembre-se de incluir a taxa administrativa da Kickante, as despesas com a confecção e envio das recompensas, se houver, entre outros custos.

Duração da campanha: Sua campanha de arrecadação pode durar de 1 a 60 dias. Quanto mais tempo de campanha, mais chances de arrecadar.

Adicione suas redes sociais: essa etapa é opcional, porém, colocar suas redes sociais a disposição dos contribuidores passa maior credibilidade. Isso porque ele pode ver quem você é e pesquisar sobre seu trabalho tornando o processo mais pessoal.

Recompensas: também é um item opcional. Mas, se incluir, pense no que seu público gostaria de receber em troca da contribuição. Fotos são importantes, pois conseguem tangibilizar o produto se ele for físico (um calendário, por exemplo).

Veja o passo a passo completo e outras dicas de como criar sua campanha em https://www.kickante.com.br/bau-de-ideias/criar-lancar-campanha-crowdfunding

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *