Ciência Sem Fronteiras: não é o fim

Tempo de leitura: 2 minutos

O Ciência Sem Fronteiras acabou? Perguntam-se milhares de brasileiros neste momento. Infelizmente, a resposta a esta pergunta é sim. Porém, isso não significa o fim das esperanças para quem ainda sonha em estudar no exterior. Com o apoio da Kickante, você pode conseguir o financiamento necessário para se aprimorar profissionalmente no exterior. Basta acessar o canal “Ciência sem fronteiras”, criar seu kickante e contar com todo o suporte da equipe da Kickante para fazer da sua campanha de arrecadação um sucesso! Saiba mais abaixo.

Conheça melhor o programa

O encerramento do programa, que concedeu quase cem mil bolsas de estudo para universitários desde 2012, impacta diversos estudantes que estavam se preparando para seus futuros editais. O investimento em pesquisa no Brasil ainda é abaixo do esperado, cerca de 1,2% do PIB é voltado para pesquisa acadêmica, enquanto em países como Estados Unidos e China os números ultrapassam os 2%.

A ausência de uma maneira eficaz de analisar quais os benefícios que o Ciência Sem Fronteiras trouxe ao país foi um dos fatores determinantes para o seu encerramento. A crise político-econômica instaurada em nosso país também serviu como agravante para que, pouco a pouco, cortes fossem realizados no programa.

Legado do Ciência Sem Fronteiras

Ao olharmos atentamente o progresso individual de cada estudante que foi beneficiado pelo programa, é possível notar como esta experiência contribui para a formação de uma nova geração de pesquisadores, empenhados em trazer melhorias para a população.

Por exemplo, o caso do ex-bolsista do programa e estudante de medicina, Breno Bernades que, ao retornar ao Brasil, participou da elaboração de um aplicativo que combate o Tabagismo. Ou a recém doutora Izabelle de Mello Gindri que desenvolveu de uma aplicação de patente e foi premiada com o “Johnsson Family Graduate Fellowship in Bioengineering” durante os 3 anos que passou na University of Texas at Dallas (UTD).

Algumas outras histórias sobre estudantes do Ciência Sem Fronteiras

O canal “Ciência Sem fronteiras” da kickante

Diante deste cenário, a Kickante resolveu tomar uma atitude em relação à situação da educação brasileira. O nosso canal “Ciência sem fronteiras” visa que, através de seu kickante, o aluno que queira estudar no exterior ou já esteja lá, pelo programa, possa continuar seus estudos fora do Brasil.

E aí, vamos trabalhar juntos por um futuro melhor para nossos universitários?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *