9 segredos para Arrecadar mais Contribuições

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Você recebe tráfego em sua página, mas poucas contribuições? O que pode estar acontecendo?

Existem algumas razões comuns para os prospects a contribuidores abandonarem a sua página ou não contribuírem com o valor que você gostaria.

Aqui estão 9 maneiras de otimizar sua campanha de financiamento coletivo não só para mais conversões, mas também para valores maiores de contribuição:

1. Comece com retenção em mente

Antes mesmo de pensar sobre como otimizar o seu processo de arrecadação online para uma conversão (contribuição, no caso), certifique-se de saber como você administrará esse contribuidor após a doação ser feita. Se não pensar na estratégia para retê-los, eles “irão embora”.

Certifique-se de que todos os contatos informados na campanha estejam funcionando e verifique sempre a caixa de spam do email e das redes sociais informadas (no Facebook, por exemplo, quando o usuário que não é seu contato deixar uma uma mensagem – inbox -, ela vai para a sua pasta “solicitações de mensagens”).

Agradeça rapidamente todos os contribuidores, faça-os sentir especiais, informe como sua contribuição é importante e o impacto que ela causará.

2. Remova todas as distrações

Remover as distrações na página é a chave para o sucesso. O texto de sua campanha deve ser o mais direto possível e deixar claro por qual motivo está arrecadando dinheiro. Alguns criadores escrevem textos lindos, falam sobre sua história, mas esquecem de informar o real motivo da criação da campanha.

Informe logo no início o objetivo da campanha e qual impacto terá na sociedade. Se os usuários se sentirem atraídos pelo texto inicial, lerão todo o conteúdo.

Lembre-se, os usuários de internet são impactados diariamente por muita informação e escolherão quais devem reter a sua atenção apenas lendo os primeiros parágrafos.

3. Tenha uma presença digital

Ter um site, um blog ou uma fan page é de grande importância, pois valida todas as informações contidas na página da campanha. A não ser que a campanha seja de uma marca bem conhecida, os contribuidores vão querer pesquisar e saber mais sobre o criador.

Sua presença digital transmite mais segurança, confiança para os contribuidores, aumentando potencialmente a arrecadação de sua campanha.

4. Páginas otimizadas para mobile

É fundamental que a página da campanha e as páginas de pagamento de contribuição sejam adaptadas para dispositivo móvel. Hoje em dia, o número de usuários que navegam em seus celulares já é maior do que os que navegam via desktop e é importante que a plataforma de financiamento coletivo esteja otimizada para tal.

Vivemos em um mundo móvel. Basta verificar essas estatísticas:

  • 50% dos usuários de dispositivos móveis usam celular como sua fonte de Internet primário.
  • 28,85% de todos os e-mails são abertos em telefones móveis e 10,16% em tablets.
  • pesquisas (no Google) baseadas em mobile representam 25% de todas as buscas.

6. Inclua recompensas com a justificação

Essa informação é super legal e pode ajudar o contribuidor a se decidir mais facilmente sobre qual valor doar. É simples, para cada contribuição, informe qual impacto ela terá na sociedade. Por exemplo:

  • R$ 20 ajudará a alimentar uma criança por 1 semana.
  • R$ 50 providenciará a compra de kit primeiros socorros.
  • R$ 100 ajudará a alimentar 10 crianças por 1 semana.
  • R$ 200 proporcionará o tratamento psicológico por 1 mês de 2 crianças que sofreram abusos.

Certifique-se de não criar muitas recompensas com valores muito baixos. Os usuários costumam ficar entre os valores mais baixos de recompensas, então é importante pensar em todos os públicos: aqueles que podem contribuir com R$ 20, mas também aqueles que podem contribuir com R$ 500 ou mais.

7. Tenha uma opção de campanha recorrente

Doações recorrentes são extremamente importantes que diz respeito à retenção.

A Kciaknte possui a opção de campanha recorrente atrelada à campanha normal de financiamento coletivo.

8. Passe mais segurança para os contribuidores

Às vezes, os contribuidores podem precisar de um empurrão extra para fazê-los se sentir mais confiante e seguro em sua contribuição.

A Kickante possui o certificado SSL (Secure Sockets Layer) e uma política de privacidade. O que garante que você pode enviar dados confidenciais, como dados de cartões de crédito e informações pessoais, com a garantia de que todas as transações são seguras, privadas e invioláveis.

Certificado um OrganizationSSL.

9. Feedback dos usuários

Fique atento ao feedback dos usuários, pois eles podem dar insights valiosos sobre a sua campanha.

Para campanhas de produtos, é possível, através dos feedbacks dos usuários, fazer modificações no produto antes mesmo de produzi-lo. Certas modificações são essenciais para adequar o produto ao seu público alvo que o consumirá.

Aliás, algumas das campanhas de sucesso de arrecadação não atingiram a meta na primeira tentativa. Os criadores ouviram todas as sugestões dos usuários e, para a segunda campanha, ajustaram o texto, recompensas e/ou produtos oferecidos.

Veja algumas das reformulações feitas por Ryan, criador da campanha Cooler Coolest que não alcançou a meta em sua primeira campanha de financiamento coletivo, mas arrecadou 13 milhões de dólares em sua segunda tentativa.

  • O público alvo do cooler geralmente adquire o produto no verão e não no inverno, quando foi lançada a primeira campanha. Afinal, bebidas e passeios são mais consumidos durante os dias mais quentes do ano.
  • O criador da campanha já tinha um grupo de pessoas dispostas a apoiar o projeto caso fosse criada uma nova campanha de financiamento coletivo. Este grupo de pessoas, traria seus amigos, familiares e contatos, sendo responsável pelo engajamento inicial da campanha.
  • Como afirmamos em outros posts, campanhas com vídeos geralmente possuem um resultado de arrecadação 30% maior do que campanhas sem vídeos. Outra constatação é que os contribuidores gostam e contribuem mais quando podem “ver” o produto funcionando nos vídeos. Fica mais real. Por isso, Ryan melhorou o design do produto e criou um vídeo mais comercial, que destacava as funcionalidades inovadoras do produto. Diferente do primeiro vídeo que explicada sobre a ideia, mas não destacava, não vendia seus benefícios.
  • E Ryan adequou o produto ao mercado e retirou o grill (por medidas de segurança) e adicionou portas de carregamento USB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *